PROVAS DE PASTOREIO BOVINOS – REGULAMENTO USBCHA

robinho-oliveira-mgApostila de Julgamento da Associação Americana de Condutores de Border Collie (USBCHA)

Enviado por Corey Perry

Tradução Gustavo Dionisio

Fonte site da APPAS

1 INTRODUÇÃO

As provas de cão de gado sancionadas pela USBCHA (HA) são modeladas pelas provas Britânicas onde ambos, provas de pastoreio e Border Collie, são originários. As ‘’Regras para as Provas’’ e ‘’Notas para Condução de Juízes’’ desenvolvida pela ISDS são reconhecidas pela Associação de Condutores como base de como as provas são conduzidas e julgadas.

A nota para juízes da ISDS, mesmo que brilhantemente escritas e baseadas em longos anos de historias, nunca, serão abertas a diferentes interpretações. O pouco detalhe a respeito de pontuações especificas. Isso tem levado a grandes variações de pontuações entre juízes e em alguns casos levando a erros. Para remediar isso, a Associação de Condutores tem julgado providenciando mais detalhes e especificações em inúmeras situações que podem vir a acontecer e como elas devem ser pontuadas. Elas podem ser de grande valor para educar ambos os juízes e competidores.

Estas diretrizes foram geradas com um grande esforço e colaboração de um numero de bem conhecidos competidores e juízes. Elas não são intencionadas como rápidas e duras regras que devem ser obedecidas em todas as ocasiões. Como nota nas entrelinhas das regras da ISDS ‘’Os juízes devem levar em consideração todas as circunstancias relevantes e ajustes’’. A Associação de Condutores não pode passar alem desse ponto. No entanto, se algum juiz desejar deixar de lado alguma regra, os condutores devem ser informados no momento da reunião de condutores.

A Associação de Condutores acredita que o futuro das Provas de Pastoreio na America do Norte depende de juízes com experiência e integridade que são aptos a estudar e entender estas Regras e aplicá-las com imparcialidade.

2 Geral

O objetivo de uma Pista de Prova é de testar a habilidade de um cão em administrar o trabalho com o rebanho (ovino ou cabras) apropriadamente sob diferentes circunstancias que podem ser encontradas no trabalho diário. Assim como vários testes Rebanhando, Conduzindo, Apartando e Encerrando são todas tarefas que podem ser necessárias diariamente no trabalho. A filosofia de condução por trás de um julgamento deve ser conduzida sempre relacionada aos aspectos práticos do trabalho real em uma fazenda.

2.1 As Responsabilidades do Juiz

  • Enxergar que todo competidor tem uma chance igual
  • Pontuar cada corrida com o mesmo padrão
  • Observar se o secretario é preciso em anotar pontuação e em manter o cronometro
  • Desclassificar corridas que violam as regras nos conceitos básicos

2.2 Desclassificações e Desistências

As conduções podem ser terminadas pelos condutores prematuramente como ‘’Desistência’’ ou pelo Juiz como ‘’Desclassificação’’. Se um juiz desclassifica uma condução, o juiz ou secretario ou diretor de prova ira notificar o condutor que devera imediatamente deixar o rebanho e sair da pista.

Corridas que resultam em Desistência ou Desclassificação não irão receber pontuação total.

2.3 Recorridas

Se o Condutor achar que ele deve ter outra corrida ele pode indicar para o juiz até quando o rebanho for completar a volta por trás do condutor no final da trazida. Se nenhum pedido for feito até a volta ser completada indica que o condutor aceitou o rebanho e não poderá mais pedir por outra corrida. O juiz poderá aceitar um pedido de outra corrida a qualquer ponto durante a corrida. Quando uma segunda corrida é aceita pelo juiz a pontuação da primeira corrida é usada até o ponto que o juiz achar que as condições estavam ideais sem prejudicar o desempenho do cão. Sob nenhuma circunstancia depois de uma corrida o condutor devera se aproximar do juiz para pedir outra corrida. Isso pode resultar em Desclassificação de todas as corridas do condutor durante toda a prova. O pedido deve ser feito por um membro da Comissão da Prova.

2.4 Decoro e Esportividade

Qualquer conduta anti-esportiva antes, durante ou após uma corrida pode resultar em Desclassificação, o condutor sendo reportado para a Comissão Técnica ou removido da pista ou todos juntos. Isso inclui linguagem imprópria ou ações abusivas, qualquer comentário feito pelo julgamento do juiz, encorajando comportamento agressivo perante o rebanho pelo cão ou abuso deliberado do condutor contra o cão ou rebanho. O condutor é um modelo de exemplo para o publico que admira sua habilidade com o cão e seu desempenho na prova. O condutor deve tratar o esporte, o seu companheiro competidor, o rebanho, seus cães e o juiz com o mesmo respeito que gostaria de receber. Uma boa conduta esportiva de um condutor tem sido admirada por décadas e é responsabilidade de cada condutor em proteger essa imagem. O condutor deve aceitar a derrota com a mesma graça do sucesso.

Os condutores e seus cães devem se apresentar ao juiz ou seu secretario quando chamados. Em nenhuma circunstancia, no entanto, não devem se aproximar do juiz enquanto ele estiver trabalhando, para qualquer discussão ou assunto. Condutores não devem fazer comentários do julgamento que possam vir a influenciar na pontuação dada pelo juiz ou dar opiniões sobre as habilidades do juiz em pontuar. Essa conduta pode resultar em imediata Desclassificação e comunicação a Comissão Técnica por ato de indisciplina.

2.5 Montagem da pista

O juiz deve ter a oportunidade de examinar a pista e sugerir qualquer alteração para melhorar a prova. Uma consideração especial deve ser dada a uma opinião do juiz em achar que a natureza da pista pode afetar a sua habilidade em julgar adequadamente o trabalho dos cães. No entanto, a montagem da pista é de responsabilidade da organização de cada prova ou administrador de provas e eles opinarão sobre as modificações finais do percurso.

2.6 Manejo do rebanho

O excesso de perseguição do rebanho pelo cão é abusivo para o rebanho e tais ações podem resultar em desclassificação. Enquanto mordidas geralmente devem ser motivo de desclassificação é possível que comportamento agressivo do rebanho em relação ao cão, pode às vezes levar o cão a não ter alternativa a não ser morder. Neste caso, a mordida é necessária, e não deve ser penalizada. O juiz deve levar em consideração se as ações do cão não levaram o gado a ter esse comportamento agressivo. Se o juiz achar que o cão causou esse comportamento, ele pode desclassificá-lo.

Em situações em que por um longo período o cão não conseguiu movimentar o rebanho, o juiz pode desclassificar a dupla (cão e condutor).

3 Pontuando uma Pista Estilo Nacional

3.1 Corrida (20 pontos)

O pessoal do manejo pode segurar o rebanho o mais próximo possível do poste. Eles devem tentar manter o rebanho nesta área especifica até que o cão se ligue com o rebanho em sua corrida, sendo fechando sua corrida ou indo direto para o rebanho e estar pronto para o levante. Quanto mais duro o rebanho é, mais calmo deve ser o cão e o condutor.

Uma vez enviado o cão em sua corrida, não deve ser dado nenhum apito ou comando, balançar o cajado, pelo pessoal de manejo do rebanho. Se for necessário chamar o cão de apoio do manejo antes do levante deve ser de uma forma que não afetará o rebanho. Qualquer uma das ações mencionadas anteriormente pode dar ao competidor uma chance desigual de mostrar o seu cão. As considerações dadas ao comportamento do rebanho também devem ser levadas em conta pelo comportamento do pessoal de manejo na pontuação da corrida, levante e trazida.

Em uma posição perto do condutor (a proximidade do cão em relação ao condutor é ajustada de acordo com a distancia da corrida) que estará no poste de inicio de prova, o cão deve correr pela direita ou esquerda, em uma corrida que não deve ser muito aberta ou muito fechada, chegando ao rebanho por trás a uma distancia suficiente para não incomodá-los. Se o rebanho se movimentou, ou estava sendo movimentado do ponto, o final da corrida deve ser em uma posição que levara o rebanho diretamente para o primeiro obstáculo. Um comando de assobio deve ser considerado o mesmo de um comando de voz. O cão não deve parar e não deve cortar o rebanho. Obviamente é mais serio se um cão parar na sua corrida ao invés de ser redirecionado sem parar e o juiz deve marcar de acordo.

Esperar que o rebanho estiver parado no ponto é permitido, no entanto, o condutor deve estar no ponto e pronto para enviar seu cão o mais rápido possível. Uma boa corrida é no formato de metade de uma pêra com a parte mais larga direcionada para o rebanho (uma corrida no formato de metade de um circulo também será aceita). O cão deve terminar a corrida a uma distancia suficiente para não incomodar o rebanho. A corrida dura a partir do momento em que o cão é enviado até a posição de levante do rebanho. A cerca pode interferir na distancia em que o cão pode se manter afastado do rebanho e qualquer penalidade deve levar isso em conta se isso se provar como sendo um fator.

Muitos juízes não julgam a corrida enquanto o levante não esta completo, em comum o levante indica que o cão correu para o lugar certo. Se o cão caminha direto para o rebanho e eles não se movimentam diretamente para o condutor (ou o primeiro obstáculo) então o cão não parou na posição correta se sua corrida.

O cão está a mais de 4,5 metros do contudor 1-2 pontos
O cão esta a mais de 9 metros do condutor 2-10 pontos
O cão é enviado antes que o condutor esteja no ponto 1-2 pontos
O condutor envia o cão que esta posicionado atrás dele no ponto para a corrida 0-2 pontos
O cão corre muito esquadrejado no inicio da corrida 1-4 pontos
O cão corre direto para o fundo da pista (mínimo 10 pontos) 10-19 pontos
O cão cruza a pista em frente ao condutor (mínimo 10 pontos) 10-19 pontos
O cão corre muito aberto (mínimo 2 pontos) 2-10 pontos
O cão corre para o curral de manejo onde o rebanho é recolhido 4-10 pontos
O cão é chamado de volta para o ponto e enviado novamente 19 pontos
O cão que é parado ou para sozinho na corrida e é redirecionado (mínimo 2 pontos) 2-4 pontos
O cão que é dado comando para parar e é redirecionado (mínimo 2 pontos) 3-4 pontos
O cão que é redirecionado na corrida (mínimo de ½ ponto) 2-3 pontos
O cão que é dado comando para continuar indo na mesma direção ½-2 pontos
O cão que para antecipado (ex: 11:00 hrs ou 13:00 hrs) ou é parado pelo condutor causando o rebanho a sair da linha 1-2 pontos
O cão que para antecipado como no ex. anterior e é redirecionado 1 ponto (+ pontos por ter  parado antecipado
O cão para curto entre 15:00 e 13:00 hrs ou 9:00 e 11:00 hrs causando o rebanho a levantar fora da linha 2-4 pontos
O cão para curto como ex. anterior e é redirecionado 1-2 pontos (+ pontos por ter parado curto)
O cão passa do ponto de parada 1-5 pontos
Cão fora da pista 5 pontos – Descl.
O cão caminha a ultima parte da corrida (ex: 18 metros) 1-3 pontos
O cão atormentando o rebanho fazendo com que levante fora de linha 3-8 pontos
O cão esta apertando no final da corrida movimentando rebanho 2-5 pontos
O cão corre para o curral de manejo mas volta após 1-2 comandos 3-6 pontos
O cão corre para o curral de manejo e necessita de vários comandos para voltar para o rebanho 5-15 pontos
O cão para e cheira o cão do manejo 1-3 pontos
O cão faz ‘’necessidades’’ na pista (não importa em que momento isso pode acontecer) 3-6 pontos
O cão correndo em círculos na corrida 2-4 pontos
O cão com rabo erguido a qualquer momento na pista 2-5 pontos
O cão se vira para o condutor na corrida e começa a latir 4-8 pontos
O cão volta em direção ao condutor na corrida 8-12 pontos

3-2 Levante (10 pontos)

No final da corrida, mesmo quando o cão venha a parar completamente ou apenas diminuir a corrida, sua aproximação no rebanho tem que ser suave, cautelosa e continua. A maior importância do ‘’levante ‘’ é a habilidade de ter controle de uma forma firme e cautelosa sem causar distúrbios no rebanho.

O cão não deve entrar de repente e então assustar o rebanho e não deve deitar e depois necessitar de vários comandos para depois movimentar o rebanho.

Os juízes vão tirar pontos para excesso de comandos dados, trabalho inconseqüente ou duro, lentidão na aproximação, e qualquer outra falta. O rebanho deve ser levantado diretamente em direção ao primeiro obstáculo da pista (portões ou poste do condutor se não houver portões).

Em pontuar as faltas, deve se levar em consideração se houve muita pressão no curral de manejo, terreno acidentado, levantando rebanho com fome do ponto com alimento oferecido e alguma interferência do pessoal do manejo ou seus cães.

O cão não levanta o rebanho direto para o primeiro obstáculo. 0-3 pontos
O cão levanta o rebanho e direção ao curral de manejo. 3-5 pontos
O cão faz um movimento rápido e separa o rebanho. 4-9 pontos
O cão age rapidamente e faz com que o rebanho levante muito rápido. 2-8 pontos
O cão morde porque ele não consegue movimentar o rebanho. 5 pts – descl.
O cão necessita de muitos comandos para levantar o rebanho (mais de um ou dois comandos). Por comando após o segundo. ½-1 ponto
O cão levanta o rebanho muito devagar (sem comandos). 1-5 pontos
O cão ‘’flanqueia’’ para movimentar o rebanho. Por flanco. 1-3 pontos

3.3 Trazida (20 pontos)

Uma vez que o rebanho esteja em movimento (levantado) eles devem ser trazidos em um passo continuo e em uma linha reta de onde foram levantados, através dos portões até o condutor. Se o rebanho for pego fora da linha ele não deve ser levado de volta na linha, mas se o cão os forçou a saírem da linha em sua corrida, ai sim eles devem ser levado de volta em linha para começar a trazida.

O cão na deve se apressar ou flanquear demais o rebanho especialmente se isso causar que eles cruzem a linha em forma de zig-zag. Os juízes devem levar em consideração todas as circunstancias relevantes que contribuíram na não passagem pelos portões e ajustar sua pontuação de acordo.

A trazida termina quando o rebanho passar por trás do condutor o mais próximo de acordo com a situação. Se o rebanho inicialmente perder a volta (ir à direção errada), o condutor deve fazer uma tentativa em levar o rebanho no lado certo antes de continuar para o drive. Se o condutor for incapaz de levar o rebanho em volta do poste no lado correto o juiz ira tirar os pontos cabíveis e ira continuar em pontuar a prova.

Todo o trabalho deve ser de uma maneira suave e continua. Flancos demais, descompasso, pressão, perca de obstáculos, saída de linha, e outras faltas serão penalizadas em relação a disposição do rebanho e das circunstancias ali presentes. Como em toda parte do percurso, a incapacidade em completar uma fase do trabalho antes de seguir para o próximo ira resultar em desclassificação.

O cão persegue o rebanho muito rápido. 1-4 pontos
O cão apenas caminha atrás do rebanho. 4-8 pontos
O cão traz o rebanho muito devagar. (o tempo vai resolver seu problema) 0 pontos
O cão permite que o rebanho pare. Por parada. 0-1 pontos
O rebanho esta fora de linha todo o caminho até o condutor. 8-19 pontos
Fora de linha todo o caminho mas passando pelos portões. 10-16 pontos
Um pouco fora de linha mas depois voltando na linha. 1 ponto
10-30 metros fora da linha depois de volta rapidamente. 1-4 pontos
10-30 metros fora da linha e permitindo ficar assim por algum tempo. 2-8 pontos
Passando fora dos portões. Por cabeça (mínimo 1 ponto) (não excedendo 8 pontos). 1-2 pontos
O rebanho passa fora do portão e o condutor tenta novamente. Pontuação por passando fora somando. 3-5 pontos
O cão correndo em volta do rebanho ou levantando o rabo (essa pontuação é a mesma dentro da pista não importando onde acontecer. Por volta. 2-5 pontos
O cão permitir que o rebanho se espalhe por falta de pressão. 1-3 pontos
O rebanho pastorear durante a prova por falta de pressão. 1-2 pontos
O cão flanquear excessivamente atrás do rebanho ao invés de caminhar reto. Por flanco. ½-1 ponto
O condutor dar muitos comandos. 1-4 pontos
O cão entra na frente do rebanho (sem controle). (Mínima dedução 3 pontos) 4-10 pontos
O cão circulando o rebanho. (Mínima dedução de 3 pontos). 4-10 pontos
O cão leva o rebanho de volta para o ponto de partida. (Mínima dedução de 1 ponto). 2-8 pontos
O voltar para um rebanho que não existe. (Mínima dedução de 2 pontos). 3-6 pontos
Todo o rebanho dar a volta no condutor do lado errado e continuar para o drive. 8-10 pontos
Todo o rebanho dar a volta no condutor do lado errado e depois corrigido. 2-6 pontos
Todo o rebanho vai parte por trás do condutor na direção errada e são trazidos de volta e conduzidos corretamente. 1-5 pontos
Se todo o esforço foi feito para o rebanho virar ao redor do condutor mas ele virou na frente. 6-12 pontos
Um animal da a volta por trás do condutor e os outros não. Por cabeça. (não exceder 8 pontos). 2-3 pontos
Todo o rebanho passar por trás do condutor mas a volta é aberta. 1-6 pontos
O cão deixa o rebanho e vai em direção ao condutor. 1-10 pontos
O cão leva o rebanho de volta pelo obstáculo. Por cabeça. (não exceder 8 pontos). 1-2 pontos
Se nenhum esforço foi feito para fazer a volta pelo condutor. Desclassificado

3.4 Condução (30 pontos)

A ‘’condução’’ usualmente é em forma de triangulo e pode ser percorrido tanto da esquerda para a direita e vice versa. A primeira perna do triangulo começa logo após o rebanho passar por trás do condutor. O rebanho deve ser levado em linha reta para o obstáculo.

Passando por dentro do obstáculo ou por fora, o rebanho deve virar imediatamente em direção ao próximo obstáculo seguindo uma linha reta. Da mesma forma ocorre para cada obstáculo direcionando-se em linha reta para o circulo de aparte ou encerra, conforme a categoria. O cão deve mostrar habilidade para conduzir o rebanho calmo e compassado sem a ajuda de muitos comandos. Voltas razoáveis em volta do poste e dos obstáculos são esperadas. Um bom manejo em situações adversas serão levadas em consideração pelo juiz. Como no portão de encerra existirão guias para o alinhamento do rebanho. Por toda a condução o rebanho deve ser movimentado com gentileza. Estouros de velocidade com paradas não são desejadas e serão penalizadas. Se um obstáculo foi perdido pelo rebanho o juiz deve levar em consideração todas as circunstancias relevantes que contribuíram para isso e fazer suas deduções necessárias. O condutor deve permanecer no ponto inicial até que o rebanho entre no circulo de aparte quando um aparte for necessário depois da condução. Quando uma encerra é feita após a condução o condutor deve prosseguir para a encerra assim que o cão terminar ou perder o ultimo obstáculo, no entanto, a condução não termina enquanto o juiz achar que o rebanho esteja na área pronto para ser encerrado.

Qualquer desvio da linha a ser seguida, perca de obstáculo, imprudência, circular o rebanho ou outras faltas serão penalizadas levando em consideração a disposição do rebanho e outras circunstancias. Uma tentativa clara deve ser feita para cada obstáculo. Se o cão não conseguir levar o rebanho para o obstáculo ou através, ele pode continuar mas com perda de pontos e pode ser pedido para se retirar da pista.

O cão flanqueando por trás do condutor para começar a condução. 1 ponto
O condutor se afastar mais de 3,5 metros do ponto. 1-3 pontos
O cão olhando repetidamente para o condutor. Por olhada. 0-1 pontos
O cão virando em direção e olhando para o condutor. 1-3 pontos
O cão virando para olhar para o condutor e continuar completando um circulo. 2-5 pontos
O cão movimenta o rebanho muito rápido. 1-4 pontos
O cão movimenta o rebanho muito lento. (O tempo vai solucionar seu problema). 0 pontos
Falta de pressão por parte do cão deixando que o rebanho pare. Por parada. 0-1 pontos
Sair da linha um pouco e voltar. 1 ponto
10 – 30 metros fora da linha e deixar que o rebanho continue fora por alguma distancia. 2-8 pontos
O cão rodando em círculos no próprio eixo ou abanando o rabo. Por volta. 3-5 pontos
O cão permitir que o rebanho se espalhe por falta de pressão. 1-3 pontos
O rebanho pastejar por falta de pressão do cão. Por parada. 1-2 pontos
O cão flanquear excessivamente ao invés de caminhar reto. 1-8 pontos
O condutor dar muitos comandos excessivamente. 1-4 pontos
O cão vem na frente do rebanho (sem controle). (Mínimo de 3 pontos). 4-10 pontos
O cão vira o rebanho e leva em direção contraria. Dedução de pontos adicional. 2-8 pontos
O cão circulando o rebanho. (Mínimo de 3 pontos). 4-10 pontos
O cão se virando para trás procurando rebanho que não existe. (Mínimo de 2 pontos). 3-6 pontos
O rebanho perde um obstáculo. Por cabeça (não exceder 8 pontos). 1-2 pontos
O rebanho é levado de volta pelo obstáculo na direção errada. Por cabeça (não exceder 8 pontos). 1-2 pontos
O rebanho não passa pelo portão e o condutor tenta novamente. Dedução de pontos por não ter passado mais. 3-5 pontos
Volta longa depois de um obstáculo. 1-4 pontos
O rebanho vira para o lado errado depois do obstáculo. 1-5 pontos
O condutor sai do ponto antes do rebanho entrar no circulo de aparte. 1-2 pontos
O condutor entra no circulo de aparte antes que todo o rebanho entre. 2-4 pontos

3.5 Aparte (10 pontos)

Devera existir uma área claramente marcada para o aparte. Em algumas circunstancias pode-se fazer de regra a necessidade de uma área menor ou sem marca. É preferível que a área seja visivelmente marcada e deve medir 36,5 metros de diâmetro. Quando a encerra é depois do aparte o condutor deve proceder para o circulo de aparte deixando que o cão conduza o rebanho da encerra para o circulo de aparte. O condutor fica proibido de auxiliar o cão em conduzir o rebanho. Quando o aparte é após o drive o condutor deve permanecer no ponto ate o rebanho estar dentro do circulo de aparte.

Tendo o rebanho em posição desejada o cão deve entrar e apartar os animais desejados e após isso ter controle dos mesmos até que o aparte seja finalizado satisfatoriamente. Muita assistência por parte do condutor deve ser penalizada por não deixar o cão mostrar suas habilidades de aparte para o juiz. No entanto as circunstancias encontradas devem determinar o ponto apropriado de dedução. O aparte do ultimo animal pela frente não é exigido pelas regras da ISDS, portanto não há regras para descrever como isso deve ser apontado. Enquanto geralmente é recomendado que o rebanho seja visivelmente marcado (por ex: colares ou tinta), quando o juiz requer que os últimos animais sejam apartados ele deve deixar claro para os competidores como ele julga.

O cão deve ter controle total do rebanho no aparte e deixar claro para a satisfação do juiz, ao contrario o aparte não vai ser convincente e o aparte vai ser penalizado ou o condutor terá que refazê-lo a pedido do juiz. O aparte feito fora do circulo de aparte não será aceito mas deve ser repetido dentro do circulo.

Ao completar o aparte o condutor deve deixar o cão reunir o rebanho de forma natural. Embora não seja exigido, os juízes admiram quando o rebanho é reunido dentro do circulo de aparte antes de ir para a encerra.

O rebanho deixa o circulo de aparte. Por cabeça. ½- 2 pontos
O cão perseguindo o rebanho fora do circulo. Por cabeça. 1 ponto
O cão entrando entre o condutor e o rebanho antes do aparte. 2 – 5 pontos
Oportunidade de aparte perdida. 1 – 3 pontos
Tentativa de aparte não sucedida. 3 – 5 pontos
Condutor ajudando o aparte demasiadamente e aparte concluído. 1 – 5 pontos
Condutor ajudando demasiadamente segurando, cansando ou parando o rebanho antes ou depois do cão entrar para o aparte. 1 – 5 pontos
Condutor chamar o cão repetidamente devido a insegurança ou falta de velocidade por parte do cão. 1 – 5 pontos
Cão de rabo erguido ao entrar para o aparte. 1-2 pontos
Cão ser virar para o rebanho errado ao entrar para o aparte. 2-5 pontos
O cão olhar para o rebanho errado no caminho de entrada para o aparte. 0-2 pontos
O rebanho apartado fora do circulo antes do cão ter controle deles. 1-5 pontos
Restante do rebanho do aparte fora do circulo antes do cão ter se virado para o rebanho de aparte. 2-5 pontos
Alguns ou todos os animais fora do circulo quando o cão é chamado para o aparte. O cão deve refazer o aparte com o rebanho dentro do circulo. 3-5 pontos
Condutor lento em chamar o cão em uma oportunidade de aparte. 1-3 pontos
O rebanho se reagrupa antes do aparte ser aceito pelo juiz. Refazer o aparte. 3-5 pontos

3.6 Encerra (10 pontos)

Ao completar o aparte o condutor deve prosseguir para a encerra deixando o cão levar o rebanho. O condutor fica proibido de assistir o cão na condução do rebanho para a encerra. O condutor devera ficar no portão segurando a corda sem solta-la enquanto o cão trabalho o rebanho na encerra. Após liberar o rebanho dentro da encerra o condutor deve fechar o portão e amarrá-lo e deve ser penalizado por não fazer.

O condutor pode ajudar o cão mas muita ajuda vai ser penalizada, assim como rebanho circulando a encerra ou escapando da mesma, pressa, parando no caminho ou qualquer outra falta cometida pelo cão. A pontuação começa a 10 metros da encerra, ou fica claro que a encerra começou, em casos que a encerra é seguida de drive. Quando a encerra é após o aparte ela começa após a aceitação do aparte pelo juiz. A encerra é completada quando o rebanho tenha sido retirado e o portão fechado e amarrado.

Condutor ajudar o cão levar o rebanho do circulo para a encerra. 3-8 pontos
Rebanho passa por trás da encerra. Por cabeça. ½-1 ponto
Rebanho sai da área de trabalho na entrada da encerra. 1-3 pontos
Rebanho entra na encerra e sai antes que o portão é fechado. 2-5 pontos
Bater no rebanho com o portão. 1-3 pontos
Bater no rebanho forte com o portão. (Mínimo de 5 pontos) 9 pts – descl.
Bater no rebanho com o cajado. Descl.
Rebanho entra na encerra com o cão sem contato. 1-3 pontos
O cão circula a encerra no sentido contrario para evitar que o rebanho circule a mesma. 1-3 pontos
Quando o aparte é após a encerra e o condutor tem que entrar na encerra para ajudar o cão. 0-1 pontos
Cão afastando do rebanho em resultado a pressão do rebanho. 1-5 pontos
Condutor pulando, gritando, enquanto o cão esta deitado sem fazer nada. 1-4 pontos
Condutor fecha o portão da encerra antes de todo o rebanho entrar. Descl.
Condutor deixa cair a corda. 0-1 ponto
Condutor larga da corda para ajudar o cão. Descl.
O rebanho se enrosca na corda e o condutor não solta para liberar o rebanho. 5-descl.
Condutor falha em fecha o portão após o rebanho ser encerrado. Deve fazer a encerra novamente. 3-5 pontos
Condutor bate o portão de maneira anti-esportiva. 2-5 pontos
Após o condutor deixar o curral de encerra, depois de uma tentativa racional de fechar e amarrar o portão se abre. 0 ponto
Uma tentativa pobre em fechar o portão e ele se abre. 1-2 pontos
Nenhuma tentativa é feita em fechar o portão depois da encerra completa e o rebanho é retirado. 2-5 pontos
O portão da encerra é mantido quase fechado para segurar alguns animais dentro enquanto os outros são trabalhados. 0-1 pontos

3.7 Single (10 pontos)

Devera haver uma área visível designada para o single. Embora as circunstancias ditam uma área menor ou sem marcas é preferível uma área claramente marcada e deve ter diâmetro de 36,5 metros. Quando o single é após a encerra o condutor devera prosseguir para o circulo de aparte e deixar o cão levar o rebanho. Novamente o condutor fica proibido de ajudar o cão na condução. Quando o single é depois do drive o condutor devera permanecer no ponto ate que o rebanho tenha entrado na área de aparte.

Um animal será apartado do rebanho no circulo de aparte e controlado (dentro ou fora do circulo de aparte) para a satisfação do juiz. Enquanto o aparte seja uma parceria de trabalho entre o condutor e o cão, muita assistência por parte do condutor será penalizada por não deixar o cão mostrar suas habilidades para o juiz. O condutores são proibidos em ajudar o cão a conduzir para longe do rebanho o animal apartado. O aparte do ultimo animal pela frente não é exigido pelas regras da ISDS, portanto não há regras para descrever como isso deve ser apontado. Enquanto geralmente é recomendado que o rebanho seja visivelmente marcado (por ex: colares ou tinta), quando o juiz requer que os últimos animais sejam apartados ele deve deixar claro para os competidores como ele julga.

O cão cruza entre o condutor e o rebanho no circulo de aparte ou no caminho da encerra para o circulo. 2-5 pontos
O cão cruza entre o rebanho e o circulo de aparte no caminho da encerra para o circulo. 1-2 pontos
O cão vira o rebanho em volta da encerra antes de trazer para o circulo de aparte. 2-4 pontos
O cão não traz o rebanho direto para o circulo de aparte. 2-4 pontos
O rebanho deixa o circulo de aparte. Por cabeça. ½-2 pontos
Cão perseguindo animal fora do circulo de aparte. 1-5 pontos
Perde uma oportunidade de aparte. 1-3 pontos
Tentativa de aparte não terminada. 3-5 pontos
Condutor ajudando o aparte demasiadamente e aparte concluído. 1-5 pontos
Condutor ajudando demasiadamente segurando, cansando ou parando o rebanho antes ou depois do cão entrar para o aparte. 1 – 5 pontos
Condutor chamar o cão repetidamente devido a insegurança ou falta de velocidade por parte do cão. 1 – 5 pontos
Cão de rabo erguido ao entrar para o aparte. 1-2 pontos
Cão ser virar para o rebanho errado ao entrar para o aparte. 2-5 pontos
O cão olhar para o rebanho errado no caminho de entrada para o aparte. 0-2 pontos
O rebanho apartado fora do circulo antes do cão ter controle deles. 1-5 pontos
Restante do rebanho do aparte fora do circulo antes do cão ter se virado para o rebanho de aparte. 2-5 pontos
Alguns ou todos os animais fora do circulo quando o cão é chamado para o aparte. O cão deve refazer o aparte com o rebanho dentro do circulo. 3-5 pontos
Condutor lento em chamar o cão em uma oportunidade de aparte. 1-3 pontos
O rebanho se reagrupa antes do aparte ser aceito pelo juiz. Refazer o aparte. 3-5 pontos

4 Levante Internacional (170 pontos totais)

Competição de levante internacional ou duplo levante exige que um cão busque em uma direção predeterminada o primeiro lote de animais. O rebanho será trazido através das cancelas ate um poste localizado aproximadamente vinte (20) ou mais metros depois das cancelas. O cão deixa o lote no ponto e volta para buscar outro lote na direção oposta da primeira corrida.

Quando o primeiro lote for trazido através das cancelas até o ponto e redirecionado para o segundo lote, o primeiro lote pode sair de curso. Se isso acontecer, quando o segundo lote chegar ao ponto (ou se for mais fácil a um ponto mais próximo do condutor) o cão deve ser enviado para buscar o segundo lote. Em nenhum momento o segundo lote deve ser conduzido fora do trajeto para se juntar ao primeiro, o qual saiu do ponto.

4.1 Na segunda trazida

Uma vez que rebanho tenha chegado ao ponto através das cancelas, o primeiro levante esta concluído. Comando e ações do cão devem ser deduzidos da segunda corrida. No entanto devido a grande distancia e a quantidade de animais envolvidos, as deduções para redirecionar a segunda corrida e não passagem das cancelas devem ser reduzidas.

4.2 Segunda Corrida

Cão cruzando a pista (a linha que determina o meio da pista é do centro das costas do primeiro rebanho direto ao centro da face do segundo rebanho. 10-19 pontos
O cão deve receber um comando para olhar para trás e um comando para ir à direção desejada sem penalidade. Comandos adicionais devem ser penalizados por comando… ½-1 ponto
O cão inicia a segunda corrida e então volta para o primeiro grupo. 3-6 pontos
O cão é chamado de volta para o condutor e então e re-direcionado para a segunda corrida. 19 pts -descl.

4.3 Trazidas e Condução (Fetch & Drive)

 O cão deliberadamente trás o primeiro grupo de animais fora da linha antes de aceitar o comando para ir buscar o segundo lote de animais. 3-8 pontos
O segundo grupo de animais é trazido deliberadamente fora da linha para se juntar a primeiro grupo (dependendo quanto fora da linha). 1-8 pontos
Perder um obstáculo. Por cabeça. ½-1 ponto

4.4 Aparte

Condutor e cão trocam de lado. Por ocorrência. 1-2 pontos
Apartando os animais não corretos e conduzindo para longe, ao invés de trazer os animais entre o condutor e o cão. Por ocorrência – por cabeça. 1-2 pontos
Animal marcado deixa o circulo de aparte e se junta aos na marcados. O grupo que o animal marcado se juntou deve ser reagrupado dentro do circulo antes que o aparte continue. 3-6 pontos
Animal fora do circulo de aparte. Por cabeça. ½ ponto ou mais
Direcionar todos os animais marcados para um lado e apartá-los. Devem ser re-apartados. 5-6 pontos
Excesso de direcionamento do rebanho enquanto eles estão agrupados para apartar os marcados dos não marcados. 1-5 pontos
Apartar rebanho e reagrupar o rebanho no circulo de aparte. 1-3 pontos
Enquanto esta apartando um animal marcado ele escapa e se junta ao não marcados. O condutor dever refazer o aparte. Qualquer ponto perdido no aparte deve ser deduzido até que ele seja completado. 3-6 pontos
Enquanto aparta um animal sem marca ele tenta se juntar aos marcados e o cão tem que se virar para s não marcados. 0 ponto

4.5 Encerra

Na encerra dos animais sem marca algum se junta aos animais marcados. O condutor deve refazer o aparte. 2-4 pontos
O condutor deixa a encerra para impedir que os animais não marcados se juntem ao marcados. 5-9 pontos

Este documento tem a intensão se servir como guia de julgamento e não para ser usado como base de regras. A todo tempo os juízes devem levar em consideração todas as circunstâncias relevantes e ajustar de acordo com suas próprias deduções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *