CÃES DE BELEZA X CÃES DE TRABALHO!!

Cães de Beleza X Cães de Trabalho!!

Existem as raças de beleza e estrutura que são a maioria, tem como papel principal o direcionamento PET. E as raças desenvolvidas para modalidades de trabalho que são a minoria. Minoria que fazem grande sucesso pelo que fazem.
As raças de trabalho são resultados de anos e décadas de aperto de seleção. Treinamento e investimento em genética e pureza racial com foco para características genéticas conquistadas e fixadas que constituem o padrão da raça.

Atributos que evidenciam e se torna marcante e próprios de uma raça; fixados visando a obtenção do máximo para uma finalidade especifica. Atributos buscados com finalidades de superação e vencer provas e campeonatos esportivos. Simulam as maiores dificuldades do dia a dia do trabalho. Este campeonatos são responsáveis pela valorização dos melhores cães, pelo sucesso e popularidade da raça. Por recordes e funcionam como termômetro para a criação e evolução de uma raça.

Direta e indiretamente acabam desenvolvendo grandes habilidades. Devido as exigências em superação, facilidade de treinamento, temperamento, vigor, comportamento, inteligência. Acima da média e estas raças de cães de trabalho acabam conquistando um amplo sucesso e espaço por seus méritos e habilidades. Aproveitando-se do sucesso obtido pela habilidade na execução da função surge o modismos de beleza. Promovidos pelos incoerentes deixando em ultimo plano o funcional; que podem criar a disfunção de uma raça ou mesmo uma outra raça.

Fazem-se o uso do mesmo nome da raça de origem que tem seu sucesso por seus trabalhos e conquistas. Em muitas das vezes deixando de lado a beleza da pureza racial da habilidade e potencial de trabalho. Fazendo cruzamentos e adicionando outras raças constituindo a deterioração da raça. Com a perda da função a que se propõe para produzir o biótipo de beleza.

Nas raças que tenho criação tenho observados com prudência. No Pastor Belga Malinois tenho visto cães extremos, pesados e de pelagem exótica, e no Border Collie o cruzamento industrial americano. Pergunto que caminho é esse? Qual é o foco? O que aconteceu com os cães de guarda acometido pelo modismo? O Rottweiler, Doberman, Dog Alemão e Bulldog Inglês cães de trabalho por modismo priorizou a BELEZA em detrimento a aptidão ao trabalho e as características determinantes no sucesso do treinamento, perdendo características importantes de cão de trabalho, em sua maioria tornaram-se cada vez menos apto ao trabalho e passando a serem cães de beleza.

Ex: O Bulldog Inglês nem como cão de trabalho se enquadra mais, perdeu sua função de tal maneira que hoje só se reproduzem por meio artificial, os machos não dão mais conta de cobrir a fêmea e fecundação somente por meio de inseminação artificial e nem as fêmeas de parir; o parto é feito por cesariana. A funcionalidade tem exigência alta, que seleciona direta e indiretamente o vigor, a saúde, a estrutura e capacidade física, o temperamento, treinabilidade, capacidade e habilidade de trabalhar do cão e a beleza vem naturalmente.

Outro exemplo disfunção é Blue Heeler(Australian Cattle Dog), que não tem apresentado evolução, por não ter exigência de treinamento e participação em provas ou campeonatos de trabalho que os façam superar e diferenciar os melhores cães e os vencedores.

Baseado na historia da criação de varias raças de animais os criadores tem por obrigação ser cuidadosos requerer sempre a prudência com os modismos exagerados por beleza que podem detonar a criação em primeira geração e para reparar o estrago pode demandar muito tempo ou até mesmo o desvio e descontinuidade na evolução da raça. Destacando que a pior coisa para um plantel ou raça é o retrocesso.

Criamos cães das raças Pastor Belga Malinois e Border Collie com aperto de seleção buscando a preservação e melhoramento das características de trabalho que fizeram destes cães o sucesso, acreditamos que criar e buscar o melhor do melhor é de salutar importância para nossa criação e para a raça.

Tinga (7)      juan-camus-femea-tricolor

Por: Cláudio Murilo
www.canil-boiadeiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *